domingo, dezembro 10, 2006

Caminho

Pintei o fruto proibido…
pintei amigos,
pintei muros em Abril,
cavalguei lutas sem sucesso,
encontrei a Liberdade
nas casas do meu Povo,
sentado á sua mesa …
Encontrei um sonho
de quatro elementos,
com ele tracei a azul
as formas e fundos,
deste caminho.

Pinturas de várias épocas, da autoria de Silvestre Raposo, bem como o texto.

29 comentários:

caminhos disse...

Asquecime de deseri acliquem-lhe em cima prá se veri em grande. ahahah.
Beges e abraces pró deserte

Anónimo disse...

no deserto a esta hora tudo dorme. excepto cobras escorpiões e sobressaltadas gentes.
eu não mas já devia, que a escravatura recomeça cedo.

belos os teus azuis! e essa maçã que apetece trincar (fosse eu o saltimbanco e não escapava)

amanhã passo a ver com olhos de dia.

Beges e a arrecolhe-te na tenda cuma manta de pele. o vento é de nortada fria.

:)

Isabel Magalhães disse...

Bom dia Silvestre;

EXCELENTES TRABALHOS.

a d o r e i !


(pintei muros em Abril)




bjs. dia bom.
I.

MARIA VALADAS disse...

Bom texto e belas pinturas!

É sempre bom visitar-te...

Inicio de uma boa semana!

Abraço amigo..............
Maria

Teresa Durães disse...

pois pois pois...

pelo que leio aqui e ali

constam outras pinturas

mas nã sou ave de andar aos piados

por isso vou embora---


(e gostei do que li)

piiiiiiuuuuuuuuuiiiiiiiiiiiii

Isabel Magalhães disse...

"O CAMINHO FAZ-SE CAMINHANDO"




:))))
I.

al-jib disse...

nenhum de nós "cavalgou lutas sem sucesso" ... gosto demais desta tua frase para poder estar de acordo com ela ... e sei ... que não quero abardinar porque ... não! ... mas ,como sempre ,amanhã nós conversamos ,cumpadre!

vexa tem esta sublime qualidade ... quando aqui chego ,pela primeira vez ,não consigo ser o simples berbere louco ... é o kamelo que não me deixa ,que queres?

mas amanhã nós conversamos

um beijo ,compadre Raposão!

al-jib disse...

gaita!
tu não brincas em serviço!

Anónimo disse...

E vi,de dia. E li, de dia.

E lembrei-me do 1º acto de censura sobre um grupo de teatro, a transmitir em directo pela tv enquanto se pintava um enorme moral ali para Belém que ardeu, infelizmente.

Bom. Tudo!
Menos essa memória.

(ó Teresa se tivesses aqui, aconselhava-te a não olhar assim, tão indiscretamente para o que vês. ahahhahahaha)

Beijos :)

caminhos disse...

Vames lá ó despache quisto aqui tá frio:
- Non amiga, obrigado pela manta de pele e pelos Beges
- Milladi munto agradecido pelos bons dias e por prantar este posti lá no seu castelo
- Maria obrigado pela visita abraço amigo
- Amiguinha Caturrinha vomecei tá-se a sair da casca e munto beim...
- Amigue Berbere um abrace enorme pelo que dissesti. Quarta ligo prá tu tenda.
- Non amiga, sei do que falas (silencio) prossigo com um beijo
Beges e abraces

Teresa Durães disse...

(hum...tou aqui... o que não vejo e não leio???)

eu gostei do que li, conheço as pinturas que já lá andei várias vezes. não pintei muros, por essa altura pintava as paredes em casa e a minha mãe ralhava, tinha 4 anos.

os meus desatinos são da geração seguinte, os idiotas que não sabem o que fazer à vida, os da minha idade, os yuppies ou os cabeça baixa.

eheheheh

nestas coisas temos entendimentos diferentes por gap.generation.

podem entender-me e eu posso entender-vos mas não passámos pelo mesmo.

bejes

della-porther disse...

Caminhos

bonito trabalho(s).

deixo-lhe um beijo quente para aquecer esse frio.


della

Y. disse...

e eu caminho consigo S.


e agradeço a margem.

_______________________

excelente "painel".


beijo.



o Y é de um Piano. não ligue.

Isabel Magalhães disse...

Vim deixar um 'boa tarde' nestes caminhos... de cor e poesia.




(e de 'belinhes seques' com chá!) :)))




Dêxo um bêje. :)

Teresa Durães disse...

ó compadre
pois, que dilema
sabe, o problema
da provocação
é que ave é baralhada
o pai vem da nortada
a mãe lisboeta
foram para Ferrêra
alentejana
mas a criança
nã quiseram ter lá
correrampara cá
nasceu lusitana
vai para Beja Fundão
(uma confusão)
prá cidade volta
na altura da revolta
(das suas pinturas)
uma loucura
ora assim fiquei
a modos que...caturra!

bejes!!

al-jib disse...

é nã disse qu'iste ia dare confusão!!!!!!

muite gosta este gaje d'armare ós cuques ... prantes já.m'está de malas aprantadas da tenda da Miladi

e ósdespôs dige que foi a Espanha dare de bubere ó kamele ... kamele seja eu se m'acredite em mecêa!!!!

Anónimo disse...

Compadre, nã sencomode, dexe-se tar sentado e ponha lá o chapéu ótra vez. Vim só desejar-le boa nôte. Vim do compadre do deserte mas vocemecê já tinha saído e como me calhava em caminho...

Atão fique bem. a gente vai-se vendo por aí nas feras de camelos.

:)

al-jib disse...

é hoje venhe só marcare a patada do mê kamele permonde que m'estou dabalada pr'ó médeque

e ósdespôs vou.me ajantare da tenda do mê vezinhe

até amanhã ,cumpadre ,fique.se com Allah qu'é vou.me pr'a Fare com Mohammed ,o profeta

Isabel Magalhães disse...

Bôa tarde, Tuaregue Caminhos;

Hoji é dia 13.

Tá da hora de dare outro post aos visitantes.

Atão, o sê camele gosta da bubida española? Adesconfio cosmês cavalos tambêim devem de gostari. Ê se vivesse perto tambéim lá ía atestar os animales, pode crer o cumpadre. Tb ouvi dezere ca tinta pros beneques é muite mais barata e ê um dia destes tb lá voue buscar uma carrada delas.

Vai por aí uma conversêta. As quemadres querem janta de festa à borla, querem querem! e ósdepôz andem a fazersi convidadas.

Agora vou beber o mê chá na companhia dos mes canites. De chá eles na gostam mas gostam dos belinhes seques de gengibre quê comprê na tenda sueca.

Bejes pró cumpadre e sódades. :)

maria joao disse...

nenhuma cruzada é um caminho sem sucesso ou sem fruto recolhido, é certo que podemos não ter alcançado o nosso principal objectivo, mas de alguma forma, retiramos algo dos nossos passos pesados e secos nesse longo caminho de pedras. nada é passado por passar. á que passar pra se reconhecer o que se passou.
é vida é mesmo assim, uns dias se leva a gosto, outros de uma forma mais amarga.
mas tudo tem a sua propria Finalidade.
Pense nisso....
Um beijo muito grande
com saudades de uns caminhos ja caminhados, mas "alcançado sem sucesso"

Anónimo disse...

Suas telas são maravilhosas!

Para ti:

Abro o portal dos sentimentos coloridos
e o arco-íris espreita a tela branca...

Os pincéis passeiam inquietos
Por estradas
Além das curvas
Através dos nevoeiros
Da direita para esquerda
De cima para baixo
No íntimo a direção pouco importa...

As formas nascem em cada movimento
De acordo com o que se imagina? Não!
São barcos de nuvens
São vulcões cuspindo fogo
São as lágrimas de chuva
São pégasus encantados
São mistérios
Sonhos

A dança das cores entra pela janela secreta da alma
Como traços brilhantes,
Fachos de luz,
Um esplendor maior...

E assim no silente instante de pura criação
Sigo incansavelmente na inspiração
Ungindo o Universo com as minhas cores
Integrando-me a natureza


Beijinhossssssss

caminhos disse...

Vames lá ó despache:
-Teresinha Caturrinha tenho um filho dessa geração....Beges
-Della obrigado pelo carinho
- Y. também gosto de a(r)rasar o céu e de ouvir tocar piano. Beges
-Milladi obrigado pela visita da tarde.Na pode fazeri case das conversetas. As quemadres sã assim, mas ê gosto delas. Beges
- Comadre Caturrinha... vomecei sobe cada vez mais na cotação da bolsa cultural deste deserto
- Amigue Berbere um abrace grande quê sê que vomecei me comprende...
- Amiga Non os teus poemas tocam-me a alma... Beges
- Maria João que hei-de dizer mais além do que tu já sabes... Beijos
-Claudinha agradeço-te este tão grande carinho em poema. Beijo.

Isabel Magalhães disse...

Vim ao seu caminho deixar o meu

"Bom dia"!






bejes.

Anónimo disse...

Olá a todos,

passo a deixar um aviso à navegação, por ser aqui um salão de chá sempre cheio de gente boa - consultem o status do blogger se tencionam comentar ou postar no sábado. vai haver um tempo para manutenção.

E agora fiquem todes bem entre pintura poesia chá bolinhos camelos e a companhia desejada.

Beges.

BFS se nã nos vir antes.

:)

Anónimo disse...

Olá.

Boa noite.

Usei uma foto tua. Mas se não te zangaste com a primeira...

Beijos

ps: sabes das comadres? :)

Luna disse...

Com tintas de varias cores e escrevrendo e soletrando palavras, compomos a vida já traçada sem sabermos que existe
bom fim de semana

a rasar o ceu disse...

boa noite


Caminhos....


e que sejam sempre iluminados.




beijo.





(Piano)

Anónimo disse...

esperando....

um novo post, claro. ahahha

Bjs

:)

Isabel Magalhães disse...

Boa semana...

nestes caminhos da arte e da poesia.






deixo beijos.
I.
18122006