terça-feira, novembro 21, 2006

não existe...

Não resisti ao Sol de hoje, cada dia me parece melhor que o anterior... vou descobrindo coisas novas e por isso digo:

Nunca reconheças
em tí
fronteiras.

Nega tudo
que teus olhos vêem.

E...
ao morrer
resiste
e acredita
... que a morte
não existe

Foto e poema de Silvestre Raposo ( in Nas margens do sonho)

38 comentários:

Mascheras disse...

vale a pena descobri.lo em outros registos se bem que possam parecer os mesmos

todavia

fica.nos o assombro do pôr do sol

e o poema

ou a inversa

porque verdadeira




boa noite!

caeser disse...

"nas margens de um sonho" ninguém consegue resistir a um pôr-de-sol e à escrita de um poema que nos levam ao acordar

das emoções



re-visitadas




salut!

Teresa Durães disse...

(isto está sossegado, que estranho)


fotografia lindíssima

(espero que a morte exista)

boa noite

Isabel Magalhães disse...

"E...
ao morrer
resiste
e acredita
... que a morte
não existe"


a poesia é um 'dom'...
e mora aqui.

(linda a foto.)




bj.
I.

Anónimo disse...

"E...
ao morrer
resiste
e acredita
... que a morte
não existe"

esta é de Grande Senhor.

Abraço, meu amigo.

(também com uma luz dessas quem perde a energia...) :)

della-porther disse...

hoje...só lêr.
é suficiente.

beijos

della

Anónimo disse...

ò vezinhe, que linde e caloroso sol que amecea pode avistar,, tenho inveja de si ...

quanto à sua escrita vomecea tem queda pra coisa.
olhe e já agoar posso deixar uma alcofa de bejes pra si?

caminhos disse...

ailéh
pode até dexar uma gorpelha que uma alcofa munta gande, so Barbere na se marafari, na ei.
Beges

al-jib disse...

mas atão que tristeza vem a sere esta ,home de deus?
é ja.m'apercebi que mecêas gozem ,gozem com o berbere mas sem o obe da festa parecem uma cambada de beatas à volta do padre ... o padre é nã sê quem seja ,mas s'ecalhare é melhore sere o cumpadre Tuaregue ... nã é permonde das calças qu'isse até as lambisgóias usem ,mas ,ora!!!! mecêa cumprende, nã cumprende cumpadre?

e fique.se lá c'os bejes da Meia Leca qu'é nã goste d'hastes enviusadas

bêjes ,mas só uma mã chêa!

al-jib disse...

ó cumpadre Tuaregue!
atão mecêa hoje nã foi à janta?
mecêa anda.m'acomere as letras ... ficou.me male das migas????!!!!

al-jib disse...

mas o sé retrate é muite benite
e as palavras que mecêa ascreveu enfêtam.no muite bem
mecêa ,cumpadre ,andou à escola?
da Ti Canita do Monti?

caminhos disse...

Por fim o mê amigue Berbere tá de volta, já tinha saudades de vomecei. Ora é cá andi á escola num monti e havia lá uma canita na sê seria essa...eheheheh
Beges

al-jib disse...

ó cumpadre Tuaregue ,mecêa nã comprende o qué digue ó mecêa tamem andou.me dos snifes?
a escola era da Ti Mari Canita ... agora se do té monti havia uma canita com esse nome é cá nã sê ,mas olha qu'a senhora mestra n'avera de gustare

atão tu agora andas.me arredade permondes?

a nova djalaba qu'acompraste dêxa.te os artelhes ó vente e tens frie? é per isse que tu nã pias d'alte?

ou andas a piar doutras tendas? chêra.me a mulherie ... tu nã és pássare de gaiola fechada ... hum!!!!

sã os beneques que te dã termente?

olha aqui da 'nha tenda t'a um vendaval de tal monta qu'até os kameles já avoam ... parecem a Caturra e a famila

vou.me permonde s'ela aparece ,arreia.me

al-jib disse...

olha lá cumpadre ,antes de m'ire

tu andas p'as margens do sonhe a fazere o queia? à pesca do achigã?

agora é que me vou de pianinhe ,se nã arreias.me tu e ela

al-jib disse...

cumpadre!
tu já viste a parvoêra qu'esses dôs premeres ,armades em intelectuais de meia tegela ,scresverem?

se calhare 'tão convencides que sã cultes

( más dôs enemigues que me vã arreare .vou ficare linde!!!!! )

caminhos disse...

O compadre Berbere
esses dois entlectuales é cá conheços munto beim, são boa pessoa assim como agente. O compadre tameim os deve conheceri quer-me parecer que sim. Visiti a tenda deles é uma tenda bonita, gosti.
Beges

Anónimo disse...

a morteb não existe pois se é uma nova vida...

prazer conhece-lo.

cordda

Isabel Magalhães disse...

Ó Compadre Tuaregue;

esses caminhos de terra devem estar muito alagados.

vai a nado ou vai de barco?

eu mandei aprontar o bote para ir passear os mês canites.

fique bem. durma bem. e que Alah o proteja. :)

Bêjes.

Anónimo disse...

As três fotos são maravilhosas. Não resisto a um pôr-do sol!

E tuas letras? Ah essas são maravilhosas!

Bom final de semana!

Beijinhossssssss

MARIA VALADAS disse...

Um poema que nos faz meditar!

Lindissimo como todos... mas este
transporta-nos para o real!

Um bom fim de semana

Abraço amigo Maria

Isabel Magalhães disse...

Vim dizer Bom Dia!






Bom fim de semana.
Bêjes.
I.

caminhos disse...

Bom dia Maria obrigado pela visita fica bem,
Milladi bom dia e que tenha um dia alegre e benite,
Berbere bom dia tamei pra ti no tê deserte
Ailéh Beges e bom fim de semane
Teresa caturrinha tenha um dia feliz
Amigue Saltimbamque um abraçe grande cheio de saudade, hoje almoçaste no Vá Vá ?
Beges

Mendes Ferreira disse...

A MORTE NÃO EXISTE??????




________________SOBERBA E SOBERANA IDEIA....ASSINO...


COMO DESPEDIDA.



ABRAÇO. POETA SILVESTRE.

al-jib disse...

cumpadre Tuaregue!
dêxa.te de arremelgadices e pranta.te e escrevere e a fotografare

mas nã me dês só pores de soles qu'é fique triste.
amanda.me c'o nascere do sole ,home!
é digue.te come tu fazes ... nã t'adêtas que nã precisas da dermire ... ficas à 'spera qu'o sole s'alevante e tumba! arreias.lhe c'uma flachada!
mas come o tempe tá come os homes deste país - cinzente -premero ,asprêtas ,se tá sole ,arreias ,se nã tevere ,adêtas.te.
apercebeste o qué disse?
vá .anda.me p'ra fora dos edredons .sabes o que sã? é tamém nã sê ,mas deve ser coisa fina qu'a Caturra e a Miladi falem a torte e a derête.
agente nã se fage d'egnorantes e s'elas falarem ,agente responde c'os nosses edredons sã de penas de pates.
apercebeste agora permondes é t'aperguntê se tinhas pates do té charque?

eheheheheheeh

toma lá bejes

( ah tu dás.te com entelectuás de mêa tegela? que desperdice ,cumpadre )

tibeu disse...

Ser amigo é:

É alguém que você sente presente,
Mesmo quando está longe...
Que vem para o seu lado quando você está sozinho
E nunca nega um sentimento sincero

caminhos disse...

Olá Tibeu (MJ)
Obrigado pela mensagem...
mesmo longe os amigos estão presentes .... eu sei

Isabel Magalhães disse...

Boa tarde, Tuaregue;

então diz que tinha saudades? mas eu tenho andado por aqui - de djalaba nova, é um facto, mas o nome é o mesmo. :)

olhe, até fiquei de coração atolado nestes caminhos de terra.


só pode ser da chuva que tem caído.



tenha um bom domingo.

Bêjes.

caminhos disse...

Milladi aperdo-me lá mas isto na tem tado nada bom com a Kameles a apanhari tanta chuva. A dgilaba nova é benita mas nada come a anteriori. Aí o que o Berbere vai riri cande vir que a Milladi prantou o mê beneque na su tenda. Munto agradecide. Milladi na me diga que ficou com o sê coração atulhade aqui na lama do caminho?
tem que ter cuidade.
Beges

Isabel Magalhães disse...

Compadre Tuaregue Caminhos;

Ê pranti o sê beneque, pois pranti, ma nâ foi d'agora. Essa coisa do ablogger é qu'anda doida e o beneque foi pro espace. Mas ósdepôs dê-lhe na gama e vai d'apareceri. E atão ê disse cá prós mês botões cume dizem os camones d'america "Sarpraise, sarpraise!!"

Qanto ao mê coração... é um coração que fica muite atolade na poesia e na arte. Acho qu'ê tenhe qu'ir ao doutore pra eli ver as batidas.

E agora vou a passeio cos mês canites antes que s'afaça tardi.

Adeus cumpadre. Intei ao mê regresse.

Bêges da capitale.
I.

caminhos disse...

Ora munta beim, a Milladi trocou de dgilaba obra vez, gente fine é assim. Olhe gostê desta dgilaba quê ja conhecia tá munto benita sim senhori
Beges

Anónimo disse...

Olá.

foi-se e Cesariny. Não me apetece falar disso nem doutra coisa.

Conheci-o.

Beijo

Anónimo disse...

ÒOOO ti caminhos, ainda tá esse sol todo aí prós ses lades, que sortude...
tome la um quartil de beijos algarvis

caminhos disse...

Olá Weg
também eu sinto a partida, não só do poeta mas do pintor Cesarini.
Beijo

caminhos disse...

Olha a minha quemadre ailéH que alegria em ve-la olhe pós tá soli sim senhori...mas só de dia.
Beges

al-jib disse...

cumpadre Tuaregue!
tamém tou a modes que triste come a quemadre Weguinha .é cá tamém conheci o Márie ,qu'era vezinhe duma gand'amiga minha tamém dada às escrituras - a Olga Gonçalves - mas come é sê qu'o Márie era um ganda maluque ,ainda piore c'agente ,sê qu'ele tá.se dande uma ganda gargalhada lá das Galvêas ...

bejes cumpadre ,e mude lá o pore do sole ,home!

caminhos disse...

Amigue Berbere
É só pediri, o soli já tá mudado

Beges

Isabel Magalhães disse...

Compadre Tuaregue;

acredite que tb tou triste com a morte do pintor Cesariny... mas parece que a vida é assim...

a vida acaba na morte apesar de o seu lindo poema dizer "a morte não existe."

Se estivesse aqui a 'caturra' ela vinha já com uma filosofia muito bonita que ela costuma dizer-me...

assim, olhe, digo como o compadre al-jib, onde quer que o finado esteja ele está a rir...emuito.

Um boa noite para si.
(hoje não há estrelas no céu!)

Bejes.
I.

Teresa Durães disse...

ah!!! têm andado aqui escondidos!!! dasse!!

ai ai ai fujo